17 de fevereiro de 2017

PSEUDO POST PUBLICITÁRIO

Estão a ter aqueles momentos de indecisão em que querem saber se esse par de calças vos fica bem ou se a maquilhagem não está demasiado carregada?

Pediram à amiga a opinião dela e agora suspeitam de que a resposta dela era só para ser simpática?

Eu tenho a solução!

Venham cá a casa, vejam-se ao espelho do meu elevador e ele realçará todos os defeitos e inseguranças que possam ter.

Acreditem, espelho mais honesto do que este não deve haver!

9 de fevereiro de 2017

A APLICAÇÃO INFALÍVEL

O meu pai esteve com um cliente que lhe falou de uma aplicação que tinha na televisão para ver o tempo que, segundo ele, todos os dias batia certo.

Chegou a casa e não descansou enquanto eu não encontrava a aplicação na televisão.

"Esta aplicação não dá para ter no telemóvel? Já agora, acrescenta à barra de marcadores do computador. Olha que é infalível, se calhar também devias instalar no teu telemóvel."

Hoje ao almoço comentou: "Hoje, às 15h vai chover."

Eu olhei para o céu e não vi nada de especial que indicasse que fosse chover. E depois lembrei-me da aplicação.

"Ai é? Então vamos lá ver se essa aplicação é assim tão boa. Se não me esquecer, às 15h telefono à mãe para perguntar como é que está o tempo."

[15h30]

"Então mãe, como é que está a chuva?"

"Chuva?! Que chuva? Aaaah, a chuva! Olha, a água chegava-me aos joelhos. Só não calcei as tuas galochas porque não me serviam! A que horas é que vai chover em Braga?"

"Em Braga chove às 18h. Quando sair das aulas ligo-te a dizer se constipei ou não."

CÁ EM CASA NÃO SE FESTEJAM BOAS NOTAS

Eu, aos saltinhos pela casa, por ter recebido a minha primeira nota de uma cadeira do mestrado e por esta ser muito superior às minhas expectativas.

O meu pai: Não percebo o porquê de tanta felicidade. Não é para isso que te pago os estudos?

26 de janeiro de 2017

DIFERENÇAS

Uma discussão cá em casa, ontem à noite, entre o meu pai e a minha mãe sobre o tempo de fervura que a água do chá devia ter.

O meu pai dizia que a minha mãe não sabia fazer cá, que para ela, um minuto chegava e ficava uma água deslavada. A minha mãe dizia que o meu pai tinha a mania que sabia tudo e que cinco minutos a ferver iria acabar por azedar o sabor do chá.

Farta de não poder ver a novela em condições, e também porque o chá pelo qual estavam a discutir era para mim, entrei na cozinha e disse que dois minutos era o suficiente.

"És igual à tua mãe."

"Diz ao teu pai que eu tenho razão."

"Mas isso é alguma coisa? Isso não sabe a nada."

"Sim que com as tuas ervas cozidas, sabor é o que não vai faltar!"

Entra a minha irmã na cozinha.

"Tanta discussão sobre chá, não sei para quê. Isso nem é chá, é uma infusão!"



...

...

...

21 de janeiro de 2017

ANO NOVO CHINÊS

M - Ainda não percebi o que é isto do ano novo chinês.

Eu - Os chineses têm um calendário diferente.

M - Mas porquê agora? Já estamos quase no final do mês.

Eu - Deve ter um dia específico para começar o ano. Não sei, é uma tradição deles.

M - Então isso quer dizer que para os chineses 2017 só começou agora?

10 de janeiro de 2017

DICAS PARA SER FELIZ

1. Não deixar a janela do quarto aberta até depois das 16 horas.

9 de janeiro de 2017

GOLDEN GLOBES

Blake Lively e Emma Stone, estou sem palavras!

Lily Collins, eu gosto de ti, és mesmo linda, o vestido assenta-te bem, mas...

Anna Kendrick... keep trying!


[A Natalie Portman levou um dos vestidos da Ana Bolena?]

PONTO DE SITUAÇÃO

O meu primo está recentemente desempregado, mas aproveitou esse tempo para terminar a tese de mestrado e vai fazendo uns trabalhitos como freelancer.

Eu estou a fazer o mestrado, pago pelos papás, duas noites por semana, e durante o resto do tempo trato de tarefas domésticas, ponho algumas séries em dia, como e procuro motivação para começar os trabalhos que têm de ser entregues até ao final deste mês.

Tornou-se um hábito meu dizer piadas sobre a condição do meu primo, dizer-lhe que vai passar a vida a comer arroz com atum porque é uma pessoa desempregada, que devia tirar o passe dos transportes públicos porque vai precisar de vender os carros, que no Natal lhe íamos oferecer um cabaz de comida, etc, etc, etc. Mas isto são só piadas sem malícia e ele mesmo percebe a minha intenção.

Depois das minhas piadas, o que ele me diz é "a desempregada aqui és tu, não sou eu".

Na, na, na! Eu não sou desempregada porque nunca me empreguei nem procurei empregar-me (não é totalmente verdade, esta última parte, mas passemos à frente). Mas quando não se é desempregado nem se tem um emprego o que é que se é? Uma dona de casa? "Doméstica"? O que me vale, é que no preenchimento de formulários ainda é válido que preencha com "Estudante".



E agora um recadito para todas as raparigas que, como eu, diziam "quando for grande quero casar com um homem rico para não ter de trabalhar". Meninas, se não tiverem uma empregada doméstica a tempo inteiro, esta perspetiva não é tão amistosa como parece!

E É ISTO

Queria só desejar um bom ano ao senhor da paragem de autocarro que me confunde com outra pessoa.

2 de janeiro de 2017

NUMA ESCALA INTERNACIONAL

M - Ainda me lembro que no final deste jogo o Cristiano Ronaldo abraçou o irmão.

Primo - O Ronaldo tem um irmão?

M - Sim, acho que era ou é toxicodependente.

Tio - Espera aí, o Ronaldo tem um irmão?!

Eu - Sim, mas não aparece muito em público com ele.

Mãe - É o Kardashian menos conhecido.